• Logo Arena MRV
  • Logo Galo Na Veia
  • Logo TV Galo
  • Logo Instituto Galo
  • Logo Shopping da Massa
Condicionantes

Sobre a reunião entre Arena MRV e Comam

Mobilidade é fator fundamental

26/5/2022 10:17
compartilhe

A Arena MRV participou nessa 4ª feira (25), de mais uma reunião do Conselho Municipal de Meio Ambiente (COMAM) para tratar de alteração de conceito de três condicionantes constantes na Licença de Implantação (LI) 814/19 do empreendimento, as quais não fizeram parte dos estudos do RIC – Relatório de Impacto na Circulação e, portanto, não trazem prejuízos à necessidade viária do entorno do empreendimento.

Foi elaborado durante o processo de licenciamento da Arena MRV um conjunto robusto de propostas de intervenção do sistema viário, de forma a não apenas mitigar os efeitos da operação do empreendimento, mas propiciar benefícios concretos à população dos bairros Califórnia, Santa Maria e Camargos.

Dentre as 35 condicionantes viárias constantes na licença de implantação, apenas três delas foram objeto desta reunião do COMAM e o conselho concedeu parecer favorável no recurso apresentado pelo empreendimento.

Foi aprovada que a continuidade da Rua José Cláudio Sanches até a Rua Margarida Assis Fonseca, demanda antiga da comunidade, será assumida pela Prefeitura de Belo Horizonte em função da necessidade de uma implantação imediata, pelo comprometimento da ligação existente no bairro. Importante ressaltar que esta ligação nunca foi objeto de estudo pela Arena MRV. A Arena MRV, inclusive, realizará melhoria e ampliação de uma outra ligação do bairro, que terá a mesma finalidade.

Com relação às melhorias das ligações Contagem/Rio de Janeiro e Contagem/Vitória, a Arena MRV seguirá com a requalificação das vias existentes.

A Arena MRV propôs também a ampliação em 15 metros no espaço destinado à circulação de pessoas no viaduto do bairro Camargos, como forma de garantir fluidez e segurança para os frequentadores. A melhoria da circulação de veículos, demanda existente antes mesmo da instalação da Arena MRV, será realizada com tratamento nos encabeçamentos do viaduto, com rotatórias.

A Arena MRV entende que para o sucesso operacional do empreendimento, a mobilidade é fator fundamental.